Hino




Conchas, salve, salve!

Um ninho de paz e aconchego, aberto em concha, no chão agreste, do caminho hostil das bandeiras.

Viva, Viva Conchas!

São tantas as conchas do meu rio, desenhando o belo nome, do nosso Brasil!

Conchas, salve, salve!

A bota do bravo tropeiro, aqui plantou amor e trabalho entre as folhas de luz da cartilha.

Viva, Viva Conchas!

São tantas as conchas do meu rio, desenhando o belo nome, do nosso Brasil!

Conchas, salve, salve!

Os ferros da sorocabana, e o leito negro das rodovias, cantam alto a canção do progresso.

Viva, Viva Conchas!

São tantas as conchas do meu rio, desenhando o belo nome, do nosso Brasil!

Letra Luiz José Rodrigues
Música Rossini R. Dutra

Clique aqui para Baixar em MP3