MEU PÉ DE JASMIM

 

VOLTAR

Pela manhã ao regar as plantas

encontrei-a aberta no meu jardim.

Extasiei-me então vê-la tão bela

No delicado pé de jasmim.

Eu plantei e cuidei com carinho,

e agora, observando a flor,

senti-me como se tivesse recebido

tão meiga dádiva do nosso criador.

 

O vento então, tocou-a levemente

Parecendo não quere-la molestar,

Suas pétalas branquíssimas, puramente

ela deixou seu perfume exalar.

 

E continuei a extasiar-me vendo

O meu tão pequeno pé de jasmim,

que nesta  manhã de primavera,

a mão deu Deus aí presente

fez essa linda flor desabrochar pra mim.

 

                           Vera Henriques de Mello, 22 de outubro, 2000

 

Controle: Poema9.htm